shadow



 

Mas se você pensa que isso abalou o estreante na competição, achou errado. O piloto saiu extremamente satisfeito pelo bom resultado na prova e os 23 pontos somados na largada da Taça Edgard Mello Filho. E destacou a enorme qualidade dos seus adversários.


 

“Foi um prazer andar em um grid com um nível tão alto. Acho que dei sorte de ter pego um kart bom e tive uma briga boa com o Sidney até o fim”, afirmou.


Mecânico de carros e motos na vida real, Alemão é integrante da The Heart Racing (THR) e contou, em entrevista, como surgiu a paixão pelo kart amador. “No final de 2016, por meio de amigos, andei na Aldeia da Serra um campeonato, me apaixonei pela modalidade e nunca mais parei”.


 

Ele promete fazer toda a temporada 2019 da Copa GP e aposta em um único fator para conquistar a vaga na Scuderia GP para as 500 Milhas de Kart, em dezembro: sorte. “Acredito que qualquer piloto que pegar um kart bom tem grandes chances de vencer. E também me posicionar bem na pista para conquistar bons resultados”, disse.


Primeira etapa da Copa GRANDE PRÊMIO DE KART 2019 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

A Taça Edgard Mello Filho tem sequência no próximo dia 16 de março, ao meio-dia (horário de Brasília), direto de Interlagos com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO. E você já sabe: garanta sua vaga para participar do campeonato ao clicar aqui e fazer sua inscrição.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados