shadow
O GP de Iowa da Indy estava pronto para começar, mas uma tremenda tempestade atingiu o oval de Newton poucos minutos antes da largada. Sem a menor condição para se correr e longe de iniciar qualquer processo de secagem da pista, a direção de prova foi obrigada a adiar a bandeira verde.

 

A largada estava prevista para 20h15 (em Brasília), levemente adiantada em relação ao cronograma original, mas o céu foi fechando cerca de uma hora antes e, por volta das 19h30, a água caiu com força. No início, era apenas um nublado e alguns raios distantes. Aí, a chuva despencou, uma verdadeira tempestade.

O tempo fechou na hora do GP de Iowa (Foto: Reprodução/Twitter)

A direção de prova ainda não deu detalhes de como vai ficar a programação, sequer se a corrida será mesmo realizada neste sábado, mas o atraso já é certo e de, no mínimo, 50 minutos, tempo estipulado para a secagem da pista. Para que isso aconteça, porém, a chuva obviamente precisa parar.

 

E o cenário não é nada animador e indica, possivelmente, uma realização apenas no domingo. Isso porque a previsão do tempo aponta para mais chuva depois do fim da atual tempestade que atinge o oval de Iowa. Até então, porém, nenhum cancelamento foi feito.

 

A chuva parou pouco antes das 21h e aí começou o processo de ver quanto tempo demoraria para secar. No entanto, a previsão seguia nada animadora e apontava para novas chuvas fortes nos minutos seguintes. E assim foi, tornando a cair água às 21h15, justamente quando os caminhões de secagem da pista estavam entrando.

Depois de um bom tempo com os caminhões na pista fazendo a secagem e até uma certa garoa que ia e voltava, os raios finalmente pareciam dar trégua e, às 22h10, os portões foram abertos novamente para que o público pudesse voltar para a arquibancada.

Arco-íris em Iowa (Foto: Reprodução/Twitter)

Quase que logo depois da reabertura dos portões veio o retorno da chuva. Muito fina, é verdade, mas suficiente para atrapalhar a secagem da pista e fazer surgir um arco-íris na noite de Newton.

A Penske dominou a classificação e larga com Simon Pagenaud e Josef Newgarden nas primeiras posições. Demais concorrentes reais ao título, Alexander Rossi é sexto e Scott Dixon sai de oitavo.

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários