shadow

Em comunicado à imprensa publicado no fim da tarde desta quarta-feira, a mais nova equipe do grid da Stock Car anunciou uma mudança do piloto convidado de Sergio Jimenez para a Corrida de Duplas neste fim de semana. Alegando “questões técnicas”, a equipe chefiada por Guilherme Ferro disse que Gustavo Frigotto não vai participar da disputa e vai dar lugar a Fabio Carbone, que volta ao grid após quase dois anos de ausência

Mudança de última hora na escalação dos pilotos convidados para a Corrida de Duplas, prova que abre a temporada 2018 da Stock Car no próximo sábado (10), em Interlagos. A mais nova equipe do grid, a Squadra G-Force, anunciou no fim da tarde desta quarta-feira a mudança do parceiro de Sergio Jimenez para a prova. Alegando “questões técnicas”, o time chefiado por Guilherme Ferro informou que Gustavo Frigotto, jovem paranaense que disputa a Stock Light, não vai poder participar da prova e confirmou seu substituto: o experiente Fabio Carbone, de 37 anos, para reeditar uma parceira ocorrida há três anos.


 

O paulista volta ao grid da Stock Car depois de quase dois anos de ausência, quando fez as três primeiras provas da temporada 2016 como piloto da Mico’s. Carbone também defendeu a antiga C2, equipe que tinha Guilherme Ferro como chefe, na Corrida de Duplas que abriu a temporada 2015 da Stock Car, em Goiânia, tendo como parceiro justamente Sergio Jimenez.


O #55 de Sergio Jimenez vai ter outro convidado para a Corrida de Duplas: Fabio Carbone (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)


Adversário de Felipe Massa na antiga Fórmula Chevrolet, na qual ficou com o vice-campeonato por apenas um ponto em relação ao rival, Carbone trilhou seu caminho na Europa em categorias como a F-Renault, F3 Alemã, Europeia e Japonesa, além de ter cinco participações no GP de F3 em Macau. Entre 2006 e 2008 fez a Super GT no Japão, onde alcançou o vice-campeonato na GT500 em 2007 e, no ano seguinte, foi terceiro colocado na Fórmula Renault 3.5. Desde 2011, Carbone voltou a atuar no automobilismo brasileiro.


 


Jimenez lamentou por Frigotto não estar ao seu lado na Corrida de Duplas, mas em contrapartida festejou a chegada do experiente Carbone como seu novo parceiro. “Uma pena a questão do Frigotto, mas fico feliz com a chegada do Carbone. Conheço o Fabio desde que comecei no kart, e ele sempre foi uma referência”, afirmou o piloto de Piedade, que faz sua estreia pela casa nova neste fim de semana.


 


“Já trabalhamos juntos em alguns eventos, e ele foi meu convidado na Corrida de Duplas de 2015, o que facilita o trabalho. Ele é um piloto muito conhecido lá fora pelas várias categorias que disputou, que ainda não teve a chance merecida no Brasil. Vai ser uma boa parceria”, destacou Sergio, que nesta temporada vai correr com o #55, diferente do habitual #73.


 

Carbone também comemorou a chance de voltar a acelerar na Stock Car. “A ideia da prova é muito boa e reúne grandes estrelas mundiais em Interlagos. Fiquei muito feliz em reeditar a dupla com o Jimenez”, afirmou.


 


As atividades de pista da Stock Car têm sequência nesta quinta-feira com mais dois treinos de pré-temporada, restritos apenas aos convidados, e outros dois treinos livres, aí já valendo pra valer para o cronograma da Corrida de Duplas, prova que abre a temporada no próximo sábado, às 13h30 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ tudo direto de Interlagos.


 

ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO


Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados