shadow
Daniil Kvyat está de volta à F1 e, no dia da apresentação do STR14, novo carro da Toro Rosso, comentou sobre como é ter uma nova chance na principal cayegoria do automobilismo mundial.

Em entrevista ao site da equipe, o russo foi questionado sobre se acreditava que teria mais uma oportunidade de correr na F1. E, apesar de fugir um pouco da pergunta, deixou claro que não havia desistido.

“Vou apenas dizer que é ótimo estar de volta e que isso prova que não se deve perder a esperança”, afirmou Kvyat.

“No ano passado eu aproveitei meu tempo trabalhando com a Ferrari (foi piloto da desenvolvimento da escuderia italiana), o que me ajudou a me manter em forma e em contato com as tecnologias da F1″, seguiu.

Ele também lembrou que não corre há quase dois anos – sua última prova oficial foi a anterior à demissão da própria Toro Rosso, no GP dos EUA de 2017: “Mas, além do trabalho em simulador, corri bastante de kart, o que te ajuda a se manter em forma.”


Daniil Kvyat (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sobre expectativas para a nova temporada, preferiu não se empolgar: “Não sabemos onde estaremos. Como todo o resto, trabalhamos duro e o melhor que posso fazer é seguir assim, focado no mu desempenho.”

“Acredito na equipe, eles sabem o que estão fazendo. Eu e meus engenheiros vamos fazer de tudo para tirar o máximo do carro que recebemos da equipe. Acho que estamos bem e sinto que todos estão motivados e focados. ISso me dá confiança no futuro”, finalizou.

Em 2017, Kvyat somou cinco pontos antes de ser demitido faltando seis corridas para o final da temporada. Anteriormente, sua melhor pontuação foi 95, quando terminou em sétimo a temporada 2015 com a Red Bull.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados