shadow

A 16ª edição da Seletiva de Kart Petrobras tem mais três finalistas. No último dia 19 de setembro, na etapa classificatória em São Luís, no Maranhão, os paulistas Yurik Carvalho, Matheus Iorio e Pietro Rimbano garantiram suas vagas para a decisão, que acontecerá em outubro, envolvendo 12 dos melhores kartistas do país. A única etapa realizada no Nordeste em 2014 foi, como sempre, bastante festiva e contou com um grid forte, com candidatos de várias regiões do país, alguns deles inclusive nunca haviam andado no kartódromo João Sallen.

Foram 15 kartistas na categoria Graduados da Copa São Luís tentando as três vagas para estar na final da Seletiva de Kart Petrobras e concorrer ao maior prêmio da modalidade no país. Carvalho, Iorio e Rimbano unem-se agora aos já selecionados: Vinícius Papareli (SP), Victor Matzenbacker (RS), Vitor Baptista (SP), Zaiya Fontana (RJ), Renato Junior (RJ) e Mauro Auricchio (SP). Os últimos três finalistas serão conhecidos no dia 11 de outubro, em Itumbiara (GO), junto com a Copa Brasil de Kart.

A disputa no Maranhão começou com a definição do grid de largada. O paulista Giuliano Raucci, melhor brasileiro no Mundial de Kart no ano passado, conquistou a pole position, seguido pelo maranhense Marcelo Medeiros – campeão do Rally dos Sertões nos quadriciclo em 2012 e que prestigiou o evento da Seletiva – e o mineiro Paulo Victor. Foram duas provas, onde os 10 primeiros marcaram pontos e, para o resultado final, contou a soma destes pontos.

Logo na largada da primeira bateria, Medeiros assumiu a ponta e Raucci caiu para o terceiro lugar. O piloto paulista chegou a se recuperar e, na sexta volta, já estava em segundo, quando foi obrigado a abandonar com uma quebra no motor. Enquanto isso, Medeiros – que não poderia concorrer à vaga em virtude da sua idade – liderava e foi assim até metade das 15 voltas disputadas, quando o piloto ficou de fora com uma corrente quebrada.

Com a saída de Medeiros, Yurik Carvalho, que havia largado em quarto, passou a liderar e tinha até uma certa folga. Mas Pietro Rimbano – que partiu de sétimo no grid – veio pra cima e a três voltas do final assumiu a ponta e venceu. O terceiro lugar ficou com Matheus Iorio.

Outra disputa emocionante na prova foi pela quinta colocação, que valia a pole position para a bateria seguinte, já que o grid foi definido pela ordem de chegada, com os cinco primeiros invertidos. O gaúcho Matheus Leist e o brasiliense Pedro Cardoso travaram um belo duelo e, no final, Leist levou a melhor, terminando em quinto e garantindo a pole. O maranhense José Rezende Neto, que era uma das esperanças locais, terminou a bateria em sétimo.

Na segunda corrida do dia, Carvalho – que largou em quarto – conseguiu assumir a ponta logo na segunda volta e manteve a liderança até o final. Raucci foi um dos destaques. O problema no motor fez com que ele largasse do fim do grid, mas o piloto veio se recuperando e chegou em segundo. Iorio foi o terceiro e assegurou a vaga. Já Rimbano, que com o grid invertido largou em quinto, ficou na briga no meio do bolo, chegou a cair para nono e terminou em sétimo, garantindo sua classificação.

No resultado geral, Carvalho ficou com 45 pontos e foi o vencedor. Ele fará sua primeira disputa na final da Seletiva de Kart Petrobras. O piloto paulista tem 15 anos e foi campeão brasileiro no ano passado.

Iorio ficou em segundo, com 32 pontos. O piloto de 17 anos já está correndo na Fórmula 3 Brasil Light, mas sabe a importância de disputar uma final da Seletiva, que também será sua primeira.

Já Rimbano, terceiro colocado, com 31 pontos, disputou a final de 2013 e foi o terceiro colocado. O piloto tem 16 anos.

Foto: Divulgação

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários