shadow

Pedro Cardoso assumiu a liderança depois de ultrapassar Marcel Coletta. Mas nas voltas finais, o brasiliense pagou pela inexperiência e rodou. Melhor para quem vinha em segundo lugar. João Rosate, outro dos bons valores da renovada Stock Light, subiu no topo do pódio, com Gabriel Robe em segundo e Coletta em terceiro

A temporada 2018 da Stock Light, renovada categoria de acesso à Stock Car, concluiu sua primeira rodada dupla com uma prova protagonizada pelos jovens talentos da categoria. Marcel Coletta, Pedro Cardoso e João Rosate lideraram a prova, que parecia estar destinada a Cardoso nas voltas finais. Mas o brasiliense acabou pagando pela inexperiência na categoria e rodou, permitindo a quem vinha logo atrás, Rosate, vencer na tarde deste sábado (10) em Interlagos.


 


Destaque também para Gabriel Robe, que largou na décima colocação e cruzou a linha de chegada em um excelente segundo lugar. Marcel Coletta, que faz sua estreia como piloto da Cimed na Stock Light, largou na pole, mas acabou perdendo posições na janela de pit-stops. Ainda assim, garantiu um lugar no pódio em terceiro lugar.


 

A próxima rodada dupla da Stock Light acontece entre 7 e 8 de abril em Curitiba, fazendo parte do cronograma da segunda etapa da Stock Car em 2018.


João Rosate vence a segunda corrida da Stock Light em Interlagos (Foto: Rodrigo Guimarães)


Saiba como foi a corrida 2 da Stock Light em Interlagos


 


O novato Marcel Coletta foi bem demais em sua primeira prova largando da pole. Tuca Antoniazzi, que partiu em segundo, tentou sustentar a colocação, mas acabou sendo superado pelo experiente Pedro Boesel. Mas o destaque do início da prova foi Pedro Cardoso, que pulou de quinto para terceiro nas primeiras voltas. Gabriel Robe, vencedor da primeira prova da renovada Stock Light, subia para sétimo lugar.


 


Cardoso, que no começo esboçou pressão para cima de Coletta, seguiu na cola do também estreante. E quem avançava no pelotão era Robe, que avançava para a quinta posição após ter feito o então melhor tempo da prova. O gaúcho de Pelotas só estava atrás de João Rosate, Boesel, Cardoso e Marcel Coletta. Isso depois de ter largado em décimo.


 


Na frente, Cardoso não desistiu da vitória e buscou a ponta. Na sexta volta, o brasiliense enfim fez a ultrapassagem sobre Marcel Coletta e tomou a liderança da corrida. Quase ao mesmo tempo, Raphael Reis abandonava a disputa na saída da Curva do Sol.


 

Na sequência, a direção de prova abriu a janela de pit-stops obrigatórios. Era uma das chaves para a definição do vencedor. Cardoso vinha na frente, mas Marcel não o deixava abrir muita vantagem na liderança. A decisão estava entre os dois. Quando os líderes fizeram a parada, Robe momentaneamente virou o primeiro colocado.


João Rosate vence a segunda corrida da Stock Light em Interlagos (Foto: Rodrigo Guimarães)


Após as paradas, Cardoso reafirmou a liderança da corrida. Mas Coletta acabou perdendo duas posições, caindo de segundo para quarto. Robe manteve a grande performance e subiu para terceiro. Melhor ainda fez João Rosate, da Carlos Alves, segundo colocado.


 

Tudo caminhava mesmo para uma grande vitória lograda por Pedro Cardoso quando restavam menos de três minutos para o fim da prova. Mas o brasiliense pagou pela inexperiência e acabou perdendo o controle do seu carro no miolo da pista. Rosate subiu para primeiro. O jovem paulista, que venceu no ano passado a Seletiva de Kart Petrobras, resistiu no fim à pressão de Robe, mas confirmou a vitória logo na sua terceira corrida pela classe de acesso à Stock Car.


 


Marcel Coletta foi o terceiro, seguido por Pedro Boesel e Pietro Rimbano, companheiro de equipe de Coletta na Cimed. Marco Cozzi finalizou em sexto, seguido por Tuca Antoniazzi e Gustavo Frigotto. Gustavo Bandeira, outro jovem competidor da Stock Light, fechou a relação dos dez primeiros.


 

ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO


Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados