shadow

O antigo Brasileiro de Turismo passa a se chamar Stock Light. A categoria de acesso ao principal certame do automobilismo nacional ressurge reforçada e com um grid bem robusto para a primeira etapa, com 21 competidores. Todos de olho no prêmio de R$ 650 mil destinados ao grande campeão. E quem começou a quinta-feira de treinos livres da melhor forma foi o brasiliense Pedro Cardoso

Ao mesmo tempo em que a Stock Car se renova e se fortalece a cada temporada, sua categoria de acesso segue o mesmo caminho. O Brasileiro de Turismo, criado em 2013, foi remodelado e reforçado pela Vicar, empresa que promove e organiza o certame, que assume o nome Stock Light e traz, entre tantos outros incentivos, a premiação de R$ 650 mil ao grande campeão. No primeiro fim de semana da temporada 2018, quem começou dominando os treinos livres foi o brasiliense Pedro Cardoso, que corre pela Carlos Alves. Destaque também para o grid formado por 21 carros.


 

O jovem de 18 anos, que foi campeão da F4 Sul-Americana em 2015, além de ter corrido na F3 Brasil, no IMSA Prototype Challenge, na MRF Challenge e na Euroformula, esta no ano passado, está de volta ao automobilismo nacional em 2018. No primeiro treino livre, realizado na manhã desta quinta-feira, Cardoso registrou 1min52s499 como melhor marca, superando Raphael Reis, o novo piloto da Academia Shell Racing, por apenas 0s044. Marco Cozzi, que vai para mais uma temporada na categoria de acesso à Stock Car, foi o terceiro.


Cardoso volta ao automobilismo brasileiro para correr na Stock Light pela Carlos Alves (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)


Ainda na primeira sessão, Gustavo Myasava, que assim como Gabriel Robe também vai disputar a Corrida de Duplas da Stock Car, foi o quarto, seguido por Enzo Bortoleto. Uma das novidades para 2018 é a presença do campeão da Seletiva de Kart Petrobras, João Rosate, que também é piloto da Carlos Alves. 


 

Rosate fechou o primeiro treino à frente de Gustavo Frigotto. Outra novidade, vinda da F3 Brasil, é Marcel Coletta, que foi o mais rápido dentre os pilotos da Cimed Jr. e terminou o primeiro treino em oitavo, à frente do último campeão do Brasileiro de Turismo, Gabriel Robe. Pietro Rimbano, que corre também pela Cimed Jr., completou o rol dos dez primeiros.


Marcel Coletta foi o melhor estreante nesta quinta-feira de treinos livres (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)


No treino da tarde, Cardoso melhorou seu tempo ao registrar 1min51s998, a melhor marca do dia na Stock Light. A vantagem para o segundo colocado, o estreante Marcel Coletta, foi de quase 0s5. Novamente, Marco Cozzi completou o top-3, seguido por Enzo Bortoletto e Myasava vindo logo atrás. Dentre os jovens Gustavo Frigotto, Gabriel Robe, Pietro Rimbano e Murilo Coletta, aparece o experiente Odair dos Santos, que vem do Brasileiro de Marcas. O piloto radicado no Paraguai finalizou em décimo lugar.


 


A sexta-feira promete ser bem intensa e vai trazer a primeira corrida da Stock Light. Logo pela manhã, às 8h30, acontece o terceiro treino livre. Às 11h20, está marcada a sessão classificatória, de apenas dez minutos. E a largada da primeira corrida da temporada, com duração de 25 minutos e mais uma volta, está prevista para 13h30 (horário de Brasília). A prova vai contar com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV.


 

ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO


Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados