shadow


O eP da Cidade do México da Fórmula E vai sediar a primeira edição do programa Girls on Track – Dare to be Different – algo como ‘Meninas na Pista – Ouse ser Diferente’. Trata-se de um programa para meninas de 8 aos 18 anos que queiram ter os contatos iniciais com o automobilismo. O evento vai acontecer nos dias 15 e 16 de fevereiro.


 


O Girls on Track é um evento oficial da FIA, realizado em parceria da Comissão das Mulheres no Esporte a Motor – órgão da federação internacional – com a chefe da Venturi, Susie Wolff, e a organização Dare to be Different, criada por ela para trabalhar pela inclusão de jovens mulheres no esporte.


 

O evento vai contar com aulas de kart, um desafio de pit-stop, tutoriais de mídia, atividades de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, além de outras de preparação física e palestras de bem-estar que são feitas para engajar e motivar que jovens mulheres abram a cabeça para a possibilidade de uma carreira na indústria do esporte a motor. 

A expectativa é que 160 meninas compareçam ao evento no autódromo Hermanos Rodríguez. Felipe Massa, presidente da Comissão de Kart da FIA, vai dar uma aula de kart na sexta-feira, dia 15.


FIA Girls on Track (Foto: FIA)

“É uma colaboração que anima muito e demonstra que, quando temos metas em comum nós podemos juntar forças para atingir nossos objetivos, temos oportunidades concretas para fazer a diferença e promover o espaço de mulheres no esporte a motor, em todas as áreas”, disse Michelle Mouton, presidente da Comissão das Mulheres no Esporte a Motor da FIA.


 


“Queremos mostrar como o formato do evento pode ser replicado pelas autoridades esportivas nacionais [ligadas à] FIA em muitos países diferentes, o que é muito importante para dar suporte à crescente participação de jovens mulheres em nosso esporte no mundo todo”, seguiu.


 


Jean Todt, presidente da FIA, também falou. “Estamos muito gratos em trazer o Girls on Track, que foi lançado ano passado com financiamento totalmente feito pela Comissão Europeia junto ao Dare to be Different. As duas iniciativas são um casamento natural com ambas na tentativa de inspirar e encorajar mais participação feminina ao dar a oportunidade de meninas aproveitarem o enorme número de possibilidades em potencial de participação no esporte a motor.”


 


“O evento que vai ter lugar no México no próximo fim de semana vai mostrar esses programas durante a importante plataforma internacional que é a FE, e espero que seja um primeiro passo para construir um caminho que possa ser usado no mundo inteiro”, comentou.


Autódromo Hermanos Rodríguez (Foto: Force India/Twitter)

Mais um que falou foi José Abed, vice-presidente da FIA e mexicano.


 


“É uma oportunidade única para o esporte a motor mexicano ser o primeiro local a sediar o programa FIA Girls on Track – Dare to be Different. É um projeto incrível com grande missão focada em atrair mais jovens mulheres para nosso esporte. Sem dúvidas é uma meta na qual precisamos trabalhar não apenas no esporte a motor, mas em todos os esportes”, argumentou. 


 


“Talento não distingue gênero, raça ou posição social, e é nossa responsabilidade, como líderes, receber o suporte que todas as pessoas talentosas precisam para melhorar ainda mais o esporte”, encerrou. 

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados