shadow

Grid cheio, grandes pegas e um sol para cada um. Essa foi a tônica da primeira etapa da Copa Grande Prêmio de Kart, realizada no sábado (2), na Granja Vianna. Depois de duas baterias classificatórias, 26 pilotos se credenciaram para a prova decisiva, que abriu a Taça Edgard Mello Filho. No fim, quem levou a melhor foi Sidney Rogério, que largou no meio do pelotão e superou, na última volta, o então líder Marcos Alemão.


 


Na visão de Renato Ribeiro, organizador da Copa Grande Prêmio de Kart, a terceira edição do evento que premia os pilotos com vagas nas 500 Milhas de Kart não poderia começar melhor. Para ele, ficou evidente, pelas disputas dentro da pista, que o nível da competição subiu quando comparado com a edição passada. 


 


“Foi uma etapa legal, apesar do calor na Granja Vianna, foi difícil para os pilotos. O nível está muito alto, aumentou. O ‘sarrafo’ em relação ao ano passado é maior, então teremos uma equipe de 500 Milhas com pilotos mais experientes”, considera Ribeiro, que acrescenta: “tivemos campeão brasileiro de kart andando na Copa Grande Prêmio, então o nível subiu, e isso é muito bom. É bom para quem anda, para o desenvolvimento do piloto, e bom para o campeonato, pois a gente forma uma equipe ainda melhor”.


Renato Ribeiro, organizador da Copa Grande Prêmio de Kart (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)


A lista de inscritos, que totalizou 36 pilotos, contou com velhos conhecidos da Copa Grande Prêmio, além de outros nomes que fizeram sua estreia no campeonato. E, para o organizador do evento, essa combinação é um bom indicativo de que o trabalho segue na direção certa.


 


“A mescla de pilotos para o campeonato é ótima. O piloto voltar este ano para tentar a vaga, levar os prêmios, só confirma o trabalho sério que a gente faz, de deixar o piloto confortável ao dar um campeonato de nível legal, equipamento legal, com tudo do melhor, e com a cobertura jornalística do GRANDE PRÊMIO. E os pilotos novos enxergam isso, olham os amigos andando as 500 Milhas, e de repente querem ter a experiência. Porque a experiência é única e muito legal. Isso só confirma o sucesso do campeonato e que estamos no caminho certo. E ainda tem espaço para melhorar, e a gente não vai sossegar enquanto não chegar a um nível de excelência maior ainda”, finaliza.


 

A segunda etapa da Copa Grande Grande Prêmio de Kart está marcada para o dia 16 de março (sábado), no kartódromo de Interlagos, a partir do meio-dia.


 

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados