shadow

O Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, na grande São Paulo, recebeu neste sábado, dia quatro, as atividades oficiais da oitava etapa da Copa São Paulo Light de Kart. Mesmo a quatro dias do início da Copa Brasil de Kart a média de quase 100 pilotos do Campeonato foi mantida o que gerou grande competitividade e muitas disputas na pistas.

O traçado para a etapa foi sorteado ainda na manhã de quinta-feira e, diante de uma pista que ficou com exatos 800 metros e um desenho muito veloz, pilotos e seus times tiveram a oportunidade de se acertarem para corridas que certamente seriam muito disputadas e com muitas ultrapassagens.

As primeiras disputas do dia reuniram os garotinhos da Cadete. Com o tempo de 41s630 Thallis Daniel marcou a pole-position e, com isso, garantiu a liderança do pelotão na primeira corrida. As duas provas foram extremamente movimentadas, com várias trocas na primeira posição e a indefinição, tradicional, até as bandeiradas. Na primeira corrida Pedro Braga venceu com Leonardo Rufino em segundo e Rafael Câmara, em terceiro. Na segunda bateria foi a vez de Rufino ficar com a vitória. A segunda posição ficou com Braga e o terceiro posto com Bruno Monte Filho.

Com 16 pilotos na pista a categoria Júnior Menor foi a classe que reuniu o maior número de competidores nesta rodada. Com um grid repleto de feras o paulista Guilherme Peixoto teve um fim de semana ímpar. Ele liderou o último treino da sexta-feira, marcou a pole-position e venceu as duas corridas do dia. Apesar de não ter tido vida fácil na tomada de tempos, que teve os seis primeiros colocados do grid separados por apenas dois décimos, ele teve muita tranquilidade para se aproveitar das situações das baterias e se assegurar com as vitórias. Na primeira corrida Diego Ramos chegou em segundo e Matheus Morgatto, em terceiro. Já na segunda prova Morgato foi o segundo e Raikkonen Sakzenian, em terceiro.

Na Júnior, que compete com motores preparados, o gaúcho Arthur Leist ficou com a pole-position ao registrar o tempo de 34s108. Na primeira corrida, após boa largada, ele conseguiu se distanciar dos demais e, com isso, construiu boa vantagem até a bandeirada de sua vitória. João Rosate chegou em segundo e Juan Andreu Neto, em terceiro. Na segunda bateria, por sua vez, os dois primeiros colocados se revezaram na pista com Rosate vencendo a corrida e Leist, chegando no segundo lugar. Juan novamente foi o terceiro.

Finalizando as atividades da manhã os pilotos da categoria Sprinter tomaram o traçado para as suas atividades. Em uma competitividade extrema os cinco primeiros colocados na tomada de tempos tiveram suas marcas separados por incríveis 85 milésimos. Luiz Matheus fez a pole com a marca de 34s822. Em duas corridas muito disputadas os resultados foram diferentes. Na primeira delas Luiz venceu com Erick Lutum em segundo e Rodrigo Baptista, em terceiro. Na prova dois a vitória ficou com Baptista seguido por Lutum e Caio Parizotto.

Os Graduados abriram a programação da tarde. Em fase final de preparação para a Copa Brasil o carioca André Nicastro mostrou que está com tudo pronto para lutar por mais um título nacional. Após marcar a pole-position ele foi soberano e venceu as duas corridas do dia. Na primeira bateria ele foi seguido por Olin Galli e Giuliano Raucci. Já na segunda prova o segundo lugar ficou com Vinícius Paparelli e Raucci foi, novamente, o terceiro.

Seguindo a programação do dia os pilotos da Sênior tomaram a pista. Por uma diferença de 12 milésimos para o segundo colocado Eduardo Dieter marcou a pole-position. Nas corridas, porém, quem levou a melhor foi Alain Sisdelli que venceu as duas provas com direito, inclusive, as melhores voltas em ambas as baterias. Na primeira prova o segundo lugar ficou com Dieter e João Cunha chegou em terceiro. Na segunda bateria Dieter novamente foi o segundo e, Ricardo Thomazi, ficou com a terceira posição.

Sete pilotos participaram das duas corridas da categoria Sênior “B”. Os cinco primeiros ficaram separados por apenas um décimo na sessão classificatória sugerindo assim duas corridas de arrepiar. Assim aconteceu e, com isso, quem levou a melhor foi o piloto Paulo Lopes que fez a pole-position e venceu as duas corridas seguido por Júnior Pinto. Lucas Salles terminou em terceiro na primeira bateria e Alexandre Souza foi o terceiro, na segunda bateria.

Encerrando a programação desta oitava etapa do ano a Super Sênior foi para a pista. Com o tempo de 35s173 Marcos Pelli ficou com a primeira posição para a largada da primeira corrida. Com tranquilidade ele seguiu nesta prova e, volta a volta, construiu uma vantagem de quase quatro segundos até a bandeirada final. Christiano Matheis chegou em segundo e José Augusto Dias, em terceiro. Na segunda corrida Peli voltou a chegar na frente só que desta vez Renato Russo foi o segundo colocado e Matheis, o terceiro.

O Light dá uma pausa de três semanas e, no dia primeiro de novembro, retoma suas atividades para nona e penúltima etapa da temporada.

Foto: Flávio Quick

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários