shadow

Os mais de 60 mil praticantes de uma das modalidades esportivas que mais cresce no Brasil, o kartismo amador, ganharam neste mês uma nova opção de equipamento, que chega como o mais moderno do Brasil nesta modalidade: o kart Parolin.

Com fabricação italiana, o chassi é mais eficiente, como os preparados para as competições profissionais. Com este melhor ajuste, é possível um motor mais potente, com 18HP (contra 13HP dos de aluguel tradicional) e pneus mais aderentes, fabricados sob medida pela MG, principal fornecedora do kartismo nacional.

“A chegada do kart Parolin deve ser um marco para esta modalidade no Brasil. Além de ser o mais moderno do País, ele vai permitir que aquele piloto amador que já tem vários anos de experiência possa experimentar um modelo mais rápido e ainda assim de custo acessível. Ele tem uma tocada mais próximo do de competição, com motor mais eficiente, com melhor aceleração, e mais ‘chão’, permitindo uma guiada mais refinada”, explica Felipe Giaffone, proprietário do Kartódromo Granja Viana e um dos responsáveis pela vinda dos karts Parolin ao Brasil.

“Mesmo com um motor mais forte, oferecendo um nível de segurança alto. Além disso, a posição de e pedaleiras permite que o piloto possa mexer com a distribuição do peso e ajustar o kart para seu estilo de pilotagem”, completa Giaffone.

No início desta nova operação, os modelos só serão alugados para os principais campeonatos e ligas amadoras que já correm na pista localizada em Cotia, na Grande São Paulo. O primeiro evento teste, realizado na última sexta-feira, no Kartódromo Granja Viana, foi considerado um sucesso pelos pilotos participantes.

“Fizemos esta opção para garantir que a gente tenha um primeiro feedback de quem já tem bastante experiência para depois ampliar a operação. Além disso, queremos que o uso do Parolin seja uma modalidade mais exclusiva, permitindo assim que o equipamento possa ser usado em apenas um ou duas vezes por dia e assim ter um equilíbrio ainda maior entre os karts, algo que os campeonatos amadores prezam como nível de excelência”, diz o piloto Alberto Catucci, responsável pela manutenção e equalização dos karts Parolin.

O custo de aluguel do kart Parolin é de R$ 200 na bateria de 25 minutos. Além disso, um campeonato de endurance já foi anunciado pelo KGV. “O interessante é que não será necessária a filiação nesta competição, a exemplo do que ocorre hoje no kart de locação. Queremos que o Parolin seja um passo intermediário para aqueles que querem mais adrenalina mas ainda sem comprometer com os custos maiores de uma participação em uma competição federada, como a Copa São Paulo KGV”, por exemplo”, diz Giaffone.

Os interessados em agendar baterias com o kart Parolin devem enviar email para eventos@kartgranjaviana com.br

Ficha técnica:
Kart Parolin XT 40
Fabricação: Itália, 2014
Pneu: MG HZ
Motor: Honda 18hp (preparado)

 

Foto: Largada com os karts Parolin na Granja Viana – (Bruno Terena/RF1)

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários