shadow

 

Com vagas a serem preenchidas na Dragon após o fim dos contratos de Maximilian Günther e José María López, Hartley foi selecionado para uma dos lugares. O piloto também está confirmado para participar da próxima temporada do WEC pela Toyota, substituindo Fernando Alonso no carro 8 e formando trio com Sébastien Buemi, outro piloto da F-E, e Kazuki Nakajima.

 

“Estou feliz em aceitar este novo desafio na Fórmula E junto da Dragon. É uma categoria totalmente diferente de qualquer outra que estive, mas espero que minha experiência com outras categorias me dê um bom início como estreante”, declarou o neozelandês.

Brendon Hartley correu pela Toro Rosso na F1 (Foto: Reprodução)

“Sempre fui fã das pistas de rua e a Fórmula E tem algumas das mais selvagens que vi. Juntando isso com alguns ótimos pilotos e montadoras do mundo torna um lugar animado para estar. Já comecei a trabalhar com boa parte do time, e tenho sentimento que podemos compartilhar sucesso na próxima temporada”, completou.

 

Campeão do WEC em 2015 e 2017 [ano em que venceu Le Mans], Hartley teve curta passagem na Fórmula 1 pela Toro Rosso. Foram 25 corridas na categoria e 4 pontos somados. Após ser dispensado, assumiu papel de piloto de testes da Ferrari. A temporada da Fórmula E começa com a rodada dupla de Ad Diriyah, nos dias 22 e 23 de novembro.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários