shadow

Crédito: Bruno Gorski

Em busca da vaga para disputar o Mundial da categoria Rotax em Portugal, o paulista Guilherme Peixoto (Gmax Corp | E-Safer | TR3 | Kart Mini) disputou no último final de semana a 5ª etapa da Copa São Paulo KGV de Kart, no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).

Estreante na divisão Rotax Max, Peixoto enfrenta os melhores pilotos da categoria e na tomada de tempos obteve a segunda posição geral, entre “Rookies” e experientes e em um grid composto por 23 competidores.

A quinta rodada do ano, especialmente, teve a disputa de três baterias e, com dois quintos e um 4º lugar, Peixoto finalizou em 4º na geral. E, entre os Rookies, seus resultados lhe colocaram na segunda posição, o que lhe permitiu subir no pódio do Kartódromo Granja Viana.

O mais importante, entretanto, foi ter pontuado para a disputa pela vaga ao Mundial Rotax, que será disputado em novembro em Portugal. “Estou em 4º lugar nesta disputa, mas os pontos deste final de semana me aproximaram bastante da liderança. Está tudo em aberto, para ser decidido nos ‘minutos finais’ desta disputa”, explica Guilherme Peixoto.

A jornada de Guilherme Peixoto (Gmax Corp | E-Safer | TR3 | Kart Mini) no final de semana começou com uma boa tomada de tempos, mas o desempenho de seu kart teve uma queda nas duas primeiras baterias. Com um bom trabalho, a equipe TR3, comandada pelo ex-piloto e chefe de equipe Waltinho Travaglini, chegou ao melhor acerto na terceira e última bateria.

“A Rotax Max é uma categoria muito equilibrada e a diferença de tempo entre os dez primeiros é mínima. Então qualquer erro te coloca mais atrás e torna a recuperação mais difícil. Vamos trabalhar para a próxima etapa e lutar pela vaga no Mundial”, finalizou o piloto.

No próximo final de semana Guilherme Peixoto competirá novamente, agora pela 5ª etapa da Copa São Paulo Light, a última na corrida por uma vaga para disputar o SKUSA nos Estados Unidos, atualmente a maior competição do kartismo mundial.

 

Bruno Gorski

 

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários