shadow

Às vésperas do primeiro teste com um carro da Indy no superoval de Indianápolis, a McLaren revelou a primeira foto de Fernando Alonso com a nova pintura do capacete que vai usar em sua primeira experiência nas 500 Milhas. O casco veio com uma pintura muito diferente da vista na F1


 

Depois da decepcionante ‘não-corrida’ em Sóchi, na Rússia, onde sequer conseguiu largar por conta de mais uma falha da Honda, Fernando Alonso  está totalmente focado no desafio que tem pela frente nesta semana, quando vai testar pela primeira vez o carro da Andretti para as 500 Milhas de Indianápolis. Nesta quarta-feira (3), pouco antes do primeiro teste do espanhol no lendário oval, a McLaren publicou a primeira imagem do piloto com o capacete com o qual vai tentar triunfar no próximo dia 28 de maio. Trata-se de uma pintura com o preto como cor predominante e com detalhes que remetem às Astúrias e ao seu novo desafio na Indy.


 

A nova pintura é muito diferente da vista na F1. O fundo da pintura é preto, o que já é uma grande novidade. Por cima, traços simples em vermelho, amarelo e azul – cores predominantes do casco tradicional. Sobre as faixas, um #29 com estilo retrô – conceito que marca o design do começo ao fim.

A parte de trás do capacete conta com mais dois detalhes. Primeiro, uma referência à bandeira das Astúrias, região da Espanha em que Alonso nasceu. Segundo, a logomarca da escola de kart de Fernando, nunca mencionada nas pinturas da F1.


Capacete de Alonso para a disputa das 500 Milhas de Indianápolis (Foto: McLaren Indy/Twitter)


Nesta quarta-feira, dia 3 de maio, o bicampeão da F1 vai andar no oval, já como parte da preparação para a Indy 500. Será sua primeira vez no circuito e no carro da categoria norte-americana, apesar de já ter concluído um primeiro ensaio em um simulador da Honda na semana passada. Alonso agora acha que a experiência real será um pouco diferente.


 


“Claro que o carro de verdade vai ser muito diferente, porque no simulador é fácil chegar aos 370 km/h e não tirar o pé nas curvas porque nada vai acontecer. Acho que o carro de verdade vai ser um pouquinho mais difícil, mas a menos vou ter a chance de ver o carro e ver o esforço que é preciso para fazer as curvas”, continuou Alonso, sem saber o que vai estar à sua espera no treino real. “Continuo muito aberto até que eu teste o carro. Não sei exatamente o quão difícil vai ser o desafio de guiar esses carros”, acrescentou em declaração à revista britânica ‘Autorsport’.


 


Por conta da decisão de participar das 500 Milhas, o espanhol vai perder o GP de Mônaco de F1, que acontece no mesmo dia. Para seu lugar a equipe McLaren chamou outro campeão: Jenson Button. O inglês vive um ano sabático no Mundial, depois de o time ter optado por promover Stoffel Vandoorne a titular.


 


Após esse primeiro dia de treinos, Alonso vai voltar ao cockpit do MCL32 para a etapa da Espanha, em Barcelona, entre os dias 13 e 15 de maio. Na semana seguinte, já vai se ‘mudar’ para Indianápolis, aproveitando o início da programação de treinos livres da Indy 500, que será disputada em 28 de maio.


 


PADDOCK GP #75 DEBATE: FERNANDO ALONSO VAI SE DAR BEM NA INDY 500?


Fonte Oficial: http://www.grandepremio.com.br/indy/noticias/mclaren-apresenta-nova-pintura-do-capacete-de-alonso-para-indy-500-com-visual-retro-e-preto-como-cor-predominante

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados