shadow

Matheus Leist completou a ascensão meteórica da carreira. Com sucesso na base do automobilismo europeu, o gaúcho se destacou em seu primeiro ano de EUA na Indy Lights e, em 2018, vai para a Indy formar dupla brasileira com Tony Kanaan

O Brasil terá mais um piloto no grid na temporada 2018 da Indy. Matheus Leist, um dos grandes destaques da Indy Lights em 2017, assinou com a Foyt e vai formar uma dupla toda verde e amarela com Tony Kanaan na equipe que passa por grande reformulação para o ano que vem.

O anúncio do acerto entre o jovem gaúcho de 19 anos e a equipe de AJ Foyt está previsto para acontecer nos próximos dias, podem confirmar fontes do Diário Motorsport e do GRANDE PRÊMIO.

Leia a reportagem completa no DIÁRIO MOTORSPORT.


Matheus Leist vai para a Indy em 2018 (Foto: Reprodução)

Leist teve uma ótima carreira de kartista no Brasil e foi um dos premiados na Seletiva de Kart Petrobras em sua edição. De lá, partiu para a Europa e conquistou o importante título de campeão da F3 Britânica.

Sem o orçamento necessário para seguir evoluindo nas categorias de base rumo à F1, o piloto de Novo Hamburgo voltou suas atenções para o automobilismo norte-americano e entrou no grid da Indy Lights em 2017.

Impressionando com uma adaptação muito rápida, faturou duas corridas em ovais, sendo uma delas a Indy 100, principal prova do calendário da categoria. Com a Carlin, Leist foi quarto no campeonato. 

Leist vai usar o #41 na sua estreia na Indy. Kanaan, primeiro piloto do time, vai estampar o #14. Uma equipe na Indy não era formada só por pilotos brasileiros desde os tempos de Gil de Ferran e Helio Castroneves na Penske no início dos anos 2000.

Fonte Oficial: http://www.grandepremio.com.br/indy/noticias/leist-da-passo-adiante-para-indy-assina-com-foyt-e-forma-dupla-brasileira-com-kanaan-na-temporada-2018

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Posts Relacionados