shadow

Depois de gravações para a TV nos últimos dias, Felipe Massa acelerou pra valer o Stock Car da Cimed Racing nesta quarta-feira, dia que abriu os treinos de pré-temporada no autódromo de Interlagos. Ao lado do parceiro, o pentacampeão Cacá Bueno, Felipe fechou o dia na nona posição dentre as 33 tripulações inscritas para a Corrida de Duplas

Com um histórico de 269 GPs disputados ao longo de 15 temporadas, 11 vitórias, 16 poles, 41 pódios e o vice-campeonato mundial alcançado há dez anos na Fórmula 1, Felipe Massa vive neste fim de semana um desafio completamente distinto na sua laureada carreira como piloto. Depois de encerrar a trajetória na principal categoria do automobilismo no ano passado, o paulista de 36 anos vai disputar sua primeira prova oficial desde então como convidado do pentacampeão Cacá Bueno na Corrida de Duplas da Stock Car no carro #0 da Cimed. Natural que, após uma década e meia acostumado a um tipo de pilotagem e à F1, Felipe tenha sentido muitas diferenças como um todo, mas conseguiu lidar muito bem com a novidade.


 


 

“É um dia como se eu estivesse saindo do kart para o fórmula. É algo completamente diferente dirigir um carro de turismo, então é uma experiência nova para mim. A maneira em que é preciso fazer as curvas é algo que ainda estou me acostumando. A carga aerodinâmica é bem diferente, enquanto no F1 você consegue atacar a curva muito antes, aqui é preciso ter bastante cuidado porque o carro é bem mais pesado”, descreveu Massa.


Felipe Massa faz sua estreia na Stock Car como convidado do pentacampeão Cacá Bueno (Foto: Bruno Terena/RF1)


Fazia muito tempo que Massa não guiava um carro turismo de forma competitiva. A última vez foi quando defendeu a Alfa Romeo no ETCC, o Europeu de Carros Turismo, quando disputou quatro provas em 2001, sendo duas delas em Jarama, na Espanha, e as outras duas no Estoril, em Portugal.


 


A tripulação do Cimed #0 fechou o quarto treino da pré-temporada com a nona melhor marca, em 1min36s422. Cacá destacou o entrosamento com Massa e que, mesmo sem uma experiência maior na categoria, o vice-campeão mundial de F1 ajudou a evoluir o acerto do carro.


 


“O carro desse ano é completamente novo, e tivemos alguns problemas no início. Começamos praticamente 1s atrás, mas eu e o Felipe fomos encontrando soluções para minimizar essa distância para os outros pilotos e acabamos praticamente 0s3 dos líderes. Tivemos um problema de amortecedor, que foi resolvido, mas o de freio ainda nós iremos estudar melhor para amanhã. O Felipe esteve muito rápido com pneus usados, e esperamos encontrar boas voltas com os pneus novos também”, frisou Cacá.


 

Massa entende que, a partir de agora, a tendência é só evoluir e se encaixar cada vez mais ao carro da Stock Car e extrair o máximo da sua performance. “Depois que o Cacá andou, tive uma dimensão melhor onde podemos melhorar e estou feliz por essa melhora. É um carro de corrida bem diferente da F1, e o segredo é entender o limite do carro. Você sair e andar com o carro é muito fácil, mas buscar o limite é o grande desafio da Stock Car, principalmente nessa disputa por décimos de segundo”, finalizou.


 


No quarto treino de pré-temporada neste sábado, quando titulares e convidados estavam mais acostumados ao carro da Stock Car para 2018, ficou nítido o equilíbrio, uma das grandes marcas da categoria. Entre Ricardo Zonta, que forma parceria com o belga Laurens Vanthoor, e o 13º colocado, Bruno Baptista, piloto da Hero que forma dupla com o veterano Nonô Figueredo, a diferença foi inferior a 1s.


 


As atividades de pista da Stock Car têm sequência nesta quinta-feira com mais dois treinos de pré-temporada, restritos apenas aos convidados, e outros dois treinos livres, aí já valendo pra valer para o cronograma da Corrida de Duplas, prova que abre a temporada no próximo sábado, às 13h30 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ tudo direto de Interlagos.


 

ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO


Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados