shadow
Participando apenas das 500 Milhas de Indianápolis nos últimos seis anos, a Dreyer & Reinbold anunciou a expansão de seu programa da Indy. O time confirmou participação em quatro corridas da temporada 2020.

 

O dono Dennis Reinbold afirmou que além de dois carros na Indy 500, o time também participará com um bólido no GP de Indianápolis e nas provas de St. Pete e Toronto.

 

“São passos pequenos, um de cada vez, e o nosso objetivo é participar da temporada inteira. Com ajuda da WIX, estamos caminhando na direção certa”, disse o dono ao site Racer.com.

Sage Karam (Foto: IndyCar)

A Dreyer & Reinbold foi bastante ativa no grid entre 2000 e 2012, mas a situação financeira do time foi extremamente prejudicada em 2013 após Oriol Serviá perder o patrocínio principal após a Indy 500. Desde então, o time vem alinhando apenas em Indianápolis.

 

Correndo a Indy 500 pelo time desde 2014 (com exceção de 2015), Sage Karam é o nome que pilotará nas quatro corridas. O segundo bólido de Indianápolis ainda terá piloto definido, e o time trabalha para a presença de J.R. Hildebrand, que correu as duas últimas edições no Brickyard pela equipe.

 

A temporada 2020 da Indy começa no dia 15 de março, em St. Pete. As 500 Milhas de Indianápolis acontecem em 24 de maio.

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários