shadow

O operador financeiro Adir Assad, preso e delator da Operação Lava Jato, admitiu lavagem de dinheiro para o Grupo Silvio Santos por meio de fraudes em contratos de patrocínio esportivo para os pilotos brasileiros Hélio Castroneves e Tony Kanaan, no final dos anos 1990. A informação foi divulgada em reportagem da Folha de S. Paulo em colaboração com o The Intercept Brasil.

 

Segundo Assad, ele firmou contrato superfaturados de patrocínios entre suas empresas e os pilotos brasileiros que competiram pela Indy Lights e no início de suas carreiras na Indy, na segunda metade dos anos 1990, movimentando R$ 10 milhões em um caixa paralelo para o SBT, sem motivo revelado. O próprio operador afirmou que os pilotos mencionados não sabiam das irregularidades, já que eram apenas espaços de publicidade.

 

O envolvimento de Assad no automobilismo seguiu no início dos anos 2000, já que ele afirma ter feito contratos de imagem e patrocínio com a Fórmula Truck, transferindo uma pequena parte do dinheiro aos esportistas e devolvendo o dinheiro ao SBT.

Tony Kanaan teve contrato de patrocínio fraudado nos anos 1990 (Foto: Indycar)

Adir também teve envolvimento com a Stock Car, já que foi um dos associados da equipe J. Star Racing. Ele diz que uma empresa sua, que agia de forma intermediária entre competidores e patrocinadores, compravam espaços de exposição de publicidade em eventos e organizava ações promocionais nas corridas, com quantias muito superiores aos valores dos patrocínios nas notas fiscais.

 

Ele afirmou que 10% do valor cobrado dos patrocinadores era para o seu bolso, 10% pela efetiva prestação do serviço e outros 80% para grandes empresas, mas não se referiu ao Grupo Silvio Santos neste caso.

 

Procurado pelo GRANDE PRÊMIO, Hélio Castroneves, por meio de sua assessoria, afirmou que não conhece Assad, não tem e não teve relação alguma com o delator em qualquer momento de sua carreira. A assessoria de Tony Kanaan também foi procurada, mas não enviou respostas sobre o caso.

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários