shadow

Em um dia de muito sol e calor intenso na ilha de Florianópolis, em Santa Catarina, o Kartódromo Internacional Arena Sapiens, no bairro de Canasvieiras, recebeu as disputas das Finais do GP Santa Catarina do TOP KART Brasil. A competição, que teve início da programação na última quarta-feira (20/04), conheceu domingo (24) os primeiros campeões da temporada 2016.

Depois de um dia dedicado às corridas classificatórias, neste sábado os quase 100 karts que participaram da competição tomaram o traçado para um rápido treinos de aquecimento iniciado ainda bem cedo, às oito da manhã.

Na sequência, todos os pilotos foram perfilados na reta dos boxes e, após a execução do Hino Nacional e da queima de fogos, que compuseram o momento das solenidades, as provas foram iniciadas em altíssima velocidade.

A primeira classe à vir à pista foi a Júnior Menor. Com uma pilotagem sem erros o paulista Matheus Morgatto se garantiu na primeira posição durante toda a prova enquanto que, pelo segundo posto, as disputas pegavam fogo. Com 18 voltas completadas Morgatto garantiu o título seguido pelo paranaense Pedro Aizza e o mineiro João Matos.

17 karts formaram o expressivo grid de largada da categoria Cadete. Gabriel Gomez, piloto da casa, travou grande batalha com João Pinheiro Filho (DF) e Mayke Naderer (DF). Os três lideraram a prova durante todo o tempo, mas, na última volta, Gomez tentou defender a posição e acabou sendo superado por Mayke que, com bela manobra, assumiu a liderança e correu para a bandeirada final. Gomez chegou em segundo e Pinheiro Filho, o terceiro.

Dando continuidade à programação outra corrida emocionante reuniu os pilotos da Júnior. Enquanto Diego Ramos (SP) manteve-se na ponta e abriu grande vantagem na liderança, a disputa pela segunda posição pegou fogo. Ao final das 20 voltas Ramos recebeu a bandeirada com mais de oito segundos de vantagem para Pedro Adami (PR). Seu irmão, João Victor Adami (PR), chegou em terceiro.

Encerrando as provas da parte da manhã a IAME TaG realizou uma prova cheia de possibilidades onde, os líderes, se revezaram, por várias vezes nas primeiras posições. Ao final das 20 voltas quem levou a melhor foi o paulista Paulo Lopes. Na segunda posição chegou Fernando Pastro (RS) e, em terceiro, André Guidalli (SC).

Após as atividades da manhã todos se reuniram junto ao pódio para a premiação dos vencedores e, também, o sorteio do fundo de premiação em dinheiro para cada categoria. Muita festa e emoção marcaram este momento do dia que coroou os melhores das classes da parte da manhã.

Dando início às corridas da parte da tarde a categoria Sudam, mais rápida classe da competição, trouxe o carioca Olin Galli na pole-position. A prova foi extremamente disputada e, à três voltas para o final, o paraibano Sérgio Crispim, em manobra muito arrojada, assumiu a liderança para não mais perdê-la até a bandeirada final. Galli chegou em segundo e Alain Sisdelli (SP), em terceiro.

Os pilotos da Master tomaram o traçado catarinense na sequência e, também, fizeram uma prova bastante emocionante. Nas primeiras voltas os pilotos que ocupavam as três primeiras posições estiveram muito próximos e lutando entre si pela liderança. Porém, na segunda metade da corrida, Leonardo Nienkotter (SC) conseguiu abrir confortável vantagem e seguiu sem ser incomodado até a bandeirada final. Danilo Ramalho (SP) chegou em segundo e Alessandro Xavier (PR) foi o terceiro colocado.

Reunindo o maior número de pilotos da parte da tarde a F4 também teve uma prova muito movimentada. Nas primeiras dez voltas a luta pela liderança foi intensa entre Marcos Borges (CE) e Roberto Júnior (SC). A partir daí, porém, Marcos conseguiu abrir uma boa liderança que lhe rendeu a condição de seguir sem ser ameaçado até o final. Júnior chegou em segundo e Jean Morlo (SC) finalizou na terceira posição.

Encerrando o GP Santa Catarina 2016 a classe Super Sênior entrou na pista. Os experientes pilotos desta classe fizeram uma corrida com várias trocas de posições. Um piloto que passava em primeiro em uma volta, dificilmente, conseguia repetir a liderança na volta seguinte. Ao final das 19 voltas Alexandre Rigon (SC) chegou em primeiro, Markenson Marques (PR) na segunda posição e Renato Russo (SP) ficou com o terceiro posto.

PREMIAÇÃO

Além dos troféus, conforme anunciado anteriormente, foram distribuídos alguns valiosos prêmios neste GP Santa Catarina além da distribuição do dinheiro do fundo de premiação cotizado entre os pilotos e a organização do evento.

Paulo Lopes (SP), campeão da IAME TaG, ganhou um motor novo a fabricante italiana. Já Leonardo Nienkotter – Campeão da Master e Sérgio Crispim – Campeão da Sudam, irão participar gratuitamente de um final de semana de competição da categoria Sprint Race.

O fundo de premiação foi totalizado em R$ 14.400,00. Conforme distribuição desde a primeira edição do TOP KART Brasil os primeiros colocados de cada classe ficaram com 60% do valor arrecadado de sua categorias e, outros dois prêmios de 20%, foram sorteados entre os demais participantes.

Confira abaixo o RESULTADO FINAL de todas as categorias.

JÚNIOR MENOR – Final
1 MATHEUS MORGATTO (SP), 18 voltas
2 PEDRO AIZZA (PR), a 12.270
3 JOÃO MATOS (MG), a 22.169
4 JOÃO VITOR BARCELOS (SC), a 1 volta
5 RAFAEL DIAS (SP), 18 voltas – a 19.717
Melhor volta: MATHEUS MORGATTO (103), 55.449 (média 779,159 km/h), na 6ª volta
Kart 100 (Rafael Dias) – Penalizado com a perda de duas posições por atitude antidesportiva contra kart 102 (João Vitor Barcelos)

CADETE – Final
1 MAYKE NADERER (SC),
2 GABRIEL GOMEZ (SC), a 0.042
3 JOÃO PINHEIRO FILHO (DF), a 0.286
4 PEDRO BRAGA (RJ), a 1.959
5 VINICIUS TESSARO (DF), a 1.977
6 ARTHUR SILVA (SC), a 2.654
7 ENZO MARINS (SC), a 3.493
8 HENRIQUE MAGIONI (MG), a 3.547
9 FELIPE DOS SANTOS (PR), a 6.577
10 ANTONELLA BASSANI (SC), a 6.972
11 LUIS TROMBINI NETO (PR), a 10.074
12 GABRIEL MOURA (SC), a 10.183
13 EDUARDO DE ARAUJO (PR), a 15.534
14 DIMAS MOTA (SC), a 28.394
15 GUSTAVO REIS (DF), a 34.002
16 ENZO NIENKOTTER (SC), a 50.769
17 EDUARDO RIGON (SC), a 1 volta
18 BERNARDO MOSCHETTA (SC), a 2 voltas
Melhor volta: HENRIQUE MAGIONI (9), 1:03.235 (média 683,222 km/h), na 14ª volta

JÚNIOR – Final
1 DIEGO RAMOS (SP),
2 PEDRO ADAMI (PR), a 8.191
3 JOSE VICTOR ADAMI (PR), a 9.867
4 STEFANO MARINS (SC), a 10.006
5 PEDRO LOPES (SP), a 11.456
6 VICTOR BACKES (SC), a 14.199
Melhor volta: DIEGO G. G. RAMOS (201), 53.679 (média 804,851 km/h), na 17ª volta

IAME TAG – Final
1 PAULO V. V. LOPES (SP),
2 FERNANDO PASTRO (RS), a 1.941
3 ANDRE GUIDALLI (SC), a 10.865
4 MARCIANO CARDOSO (SC), a 15.320
5 JAIRO F. GONÇALVES (SC), a 27.063
6 ANDRE LUCIO GIOTTO (SC), a 8 voltas
Melhor volta: FERNANDO PASTRO (702), 55.626 (média 776,679 km/h), na 17ª volta

SUDAM – Final
1 SERGIO CRISPIM FILHO (DF),
2 OLIN GALLI (RJ), a 1.177
3 ALAIN SISDELI (SP), a 1.882
4 RUAN BELIZARIO (SP), a 2.961
5 PEDRO MARQUES (RS), a 13.812
6 AUGUSTO FONTANELLA (RS), a 14.305
7 FELIPE DE OLIVEIRA (SC), a 43.962
8 GAETANO DI MAURO (SP), a 14 voltas
9 PEDRO GOULART (RS), a 15 voltas
Melhor volta: OLIN GALLI (301), 53.092 (média 813,749 km/h), na 14ª volta

MASTER – Final
1 LEONARDO NIENKOTTER (SC),
2 DANILLO RAMALHO (SP), a 3.511
3 ALESSANDRO XAVIER (PR), a 7.417
4 ANDRE GUIDALLI (SC), a 8.101
5 VICTOR BROCHADO (PR), a 14.070
6 JOÃO ANTONIO BEDIN (SC), a 17.368
7 JULIANO RIGON (SC), a 37.281
Melhor volta: ANDRE GUIDALLI (404), 54.877 (média 787,280 km/h), na 17ª volta

FÓRMULA 4 – Final
1 MARCUS BORGES (CE),
2 ROBERTO WUTHSTRACK JÚNIOR (SC), a 2.443
3 JEAN MORLO (SC), a 11.638
4 LUCIANO TAUE (SP), a 13.008
5 RODRIGO PACETTA (SP), a 14.854
6 FLAVIANO RAMOS (SC), a 24.611
7 GUILHERME VOLTOLINI (SC), a 24.797
8 JORGE FERNANDES (SC), a 26.133
9 PAULO FARIAS (SP), a 29.017
10 MARCELO SARTORI (RS), a 34.179
11 JORGE GARCIA (SC), a 42.284
12 TICK SALIBA (SC), a 55.179
13 ALLAN RAMOS (SC), a 4 voltas
14 GABRIEL BALLSTAEDT (SC), a 5 voltas
15 DAVI DE OLIVEIRA (RS), a 10 voltas
16 PEDRO DE OLIVEIRA (SC), a 16 voltas
Melhor volta: MARCUS BORGES (608), 58.208 (média 742,227 km/h), na 13ª volta

SUPER SÊNIOR – Final
1 ALEXANDRE RIGON (SC),
2 MARKENSON MARQUES (PR), a 1.286
3 RENATO RUSSO (SP), a 2.557
4 EDWARD FACHINI (SC), a 3.121
5 FERNANDO SCOTTI (PR), a 10.331
6 JEDSON JOAO VICENTE (PR), a 25.733
7 CARLOS SADERI (PR), a 15 voltas
Melhor volta: MARKENSON MARQUES (506), 55.151 (média 783,369 km/h), na 17ª volta

Foto: Pódio da Júnior Menor – (Flávio Quick – Divulgação)

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários