shadow
No calendário da temporada 2019/20 da Fórmula E, o eP de Santiago é o segundo evento a ser realizado. Marcada para 18 de janeiro de 2020, a prova passa, entretanto, por um momento de interrogação por conta dos protestos populares iniciados na cidade e que se expandiram por todo o país. A categoria ainda trata a prova com cuidado, mas avisou as equipes na última semana que pretende seguir com normalidade.

 

A informação foi dada pelo site inglês ‘E-Racing 365’. No aviso, a Fórmula E afirmou aos 12 times que pretende correr na data marcada e que as autoridades locais deram uma garantia razoável de que o evento não corre perigo. A Fórmula E, apesar disso, segue monitorando a situação. 

 

A capital chilena foi tomada por intensos protestos populares desde meados de outubro, quando estudantes secundaristas demonstraram inconformismo com o aumento de preços recentes nos metrôs da capital. 

 

Em vez de resposta democrática à insatisfação local, o presidente Sebastián Piñera instalou um estado de emergência e mandou o exército chileno para as ruas, iniciando um período de grave repressão ordenada pelo Estado Chileno. Foi a primeira vez desde a ditadura militar de Augusto Pinochet que Santiago foi colocada em regime de toque de recolher. O estado de emergência foi estendido por várias cidades pelo país, nos dias seguintes. Mais de 20 pessoas já foram mortas no período, incluindo uma criança de 4 anos.

Sam Bird ganhou a corrida em 2019 (Foto: Virgin)

Por conta da instabilidade local, o governo chileno já cancelou dois importantes eventos internacionais: a reunião da cúpula da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) e a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, marcadas para as próximas semanas. 

 

A final da Copa Libertadores da América, que conta com Flamengo e River Plate, está marcada para a cidade, no próximo 23 de novembro, mas ainda há o temor de que seja mudada de local. O Campeonato Chileno de Futebol teve as últimas três rodadas adiadas e não há certeza sobre quando será retomado.

 

“As condições de segurança não são suficientes para garantir o desenvolvimento normal de grandes eventos esportivos nos próximos dias”, disse a Federação Chilena de Futebol em comunicado oficial. 

 

Os planos da Fórmula E envolvem mandar toda a carga das equipes e da organização direto para Santiago após a etapa de Ad Diryah, na Arábia Saudita, no fim de semana dos dias 22 e 23 de novembro. 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários