shadow

Justin Allgaier já se tornou um rosto bastante conhecido no paddock da Porsche Endurance Series. Fazendo parceria com Miguel Paludo, o norte-americano já se sente muito confortável na categoria que considera uma casa.
 

Os companheiros do carro #7 já são conhecidos de longa data. Desde quando o brasileiro corrida na Nascar, os dois criaram uma amizade que também foi trazida para a pista, sendo a dupla reeditada em 2019.
 

Ao ser questionado pelo GRANDE PRÊMIO como se sentia voltando para a categoria, Justin mostrou empolgação. “Muito melhor neste ano. A maior diferença para mim é que este carro é muito diferente do último ano, então, neste ano, em Goiânia, trabalhamos muito para tentar entender melhor o carro”, disse.
 

“Sinto que tive alguns ganhos e me sinto mais confortável no carro. Então, vir para Interlagos, já estive aqui antes, já corri aqui, é bom, é mais divertido”, continuou.

Justin Allgaier (Foto: Cauê Moalli/Grande Prêmio)

O competidor seguiu exaltando a parceria que construiu com Miguel. “Miguel e eu, agora que já corremos tanto juntos, temos um bom entendimento juntos. Obviamente, com a conexão da marca, eu na América, ele aqui, é muito divertido porque a experiência para os clientes é muito diferente aqui no Brasil do que na América”, falou.
 

“Aqui, é possível estar mais próximo do carro, claro que a experiência do Porsche é muito bom para o cliente. Fazer isso mais de uma vez, voltar para cá todo ano, é muito divertido. Comecei realmente aqui no Brasil”, emendou ao GP.
 

Por fim, Allgaier explicou como pode aplicar sua experiência da Nascar nos carros da Porsche. “O estilo de pilotagem é completamente diferente, mas corrida e corrida. Conhecendo os outros adversários, como eles vão pilotas, é uma grande coisa. Para mim, voltar e aprender mais sobre os pilotos têm sido uma grande ajuda”, pontuou.
 

“Porque agora tenho o entendimento dos diferentes pilotos da categoria, tenho um relacionamento com eles. Então sou capaz de vir para cá e me sentir mais confiante, mais confortável, sabendo contra quem estou correndo”, seguiu.
 

“Mesmo que o estilo de pilotagem e o carro sejam diferentes, me sinto mais confortável aqui e me sinto em casa”, encerrou.

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários