Após o longo período de férias, a Stock Car enfim retoma as atividades nesta semana. A categoria desembarca em Goiânia para disputar a tradicional Corrida do Milhão, e durante o tempo parado, os pilotos procuraram maneiras de se manterem ativos.
 


Uma alternativa encontrada por alguns competidores do grid foi a etapa inaugural da temporada 2018 da Porsche Endurance Series. Realizada em Interlagos, a corrida de longa duração teve 70 voltas e foi uma ótima oportunidade para retomar, mesmo que aos poucos, as atividades.

 

Quem revelou fazer a prova apenas com essa finalidade foi Diego Nunes. “Com certeza. O intuito nosso de fazer essa prova foi fazer de treino para a Corrida do Milhão”, contou ao GRANDE PRÊMIO.


Zonta correu com Kaesemodel (Foto: Luca Bassani)


Ricardo Zonta, que fez par com Lico Kaesemodel na Shell Racing, foi outro que também acelerou no autódromo paulistano. Apesar de encarar como um bom exercício, reconheceu que não prepara tanto para uma corrida que vai acontecer no anel externo.

 


“Como tivemos um intervalo muito grande, o carro da Porsche é muito parecido com um carro de corrida, é um treino com certeza. Mas a diferença maior é que teremos o anel externo, não é a preparação direta para um anel externo, mas ajuda para retomar o ritmo nas vésperas da Corrida do Milhão”, explicou o #10.

 


Lucas Foresti foi outro que deu o ar da graça em Interlagos. O #12 reconheceu que não estava tão ativo nesses meses sem Stock Car e viu na prova da Porsche uma ótima alternativa.

 


“Com certeza, dá para dar uma agitada nos músculos, faz tempo que a gente não acelera. Tem gente que está mais ativo, andando de kart e outras categorias, mas eu estou mais parado, fiz um teste só. Então essa corrida é muito boa”, apontou.

 

Cacá Bueno, por fim, também exaltou a experiência do final de semana, apesar de ter corrido também na Europa. “Férias foram longas, mas ainda pude andar. Corri na GT Open com Ricardo Baptista na Hungria, agora estou andando aqui na Porsche, então tira um pouco da ‘nhaca’, aquele tempo parado da velocidade, do reflexo. Então você entra no calor, em atividade, é sempre bom”, encerrou.


Foresti fez par com Constantino Jr (Foto: Luca Bassani)

Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados