shadow

Nico Rosberg, campeão mundial de F1 em 2016, tem ajudado Robert Kubica na busca por voltar à F1 desde setembro deste ano. E o polonês tem adorado ter Rosberg na equipe, rasgando elogios ao parceiro

Em setembro detse ano, Nico Rosberg voltou ao mundo da F1 – ou quase isso. Ele passou a ser gestor de carreira de Robert Kubica, para ajudar o polonês no sonho de retornar à categoria. Como o Diário Motorsport, parceiro do GRANDE PRÊMIO, antecipou, essa volta está certa pela Williams em 2018. Assim, não há como Kubica não estar feliz com a ajuda do alemão.

Em entrevista ao ‘GP Update’, Kubica comentou sobre como a presença de Rosberg em sua equipe foi uma “grande melhora” e rasgou elogios ao parceiro.

“É muito bom tê-lo conosco. É um pouco estranho, pois nos conhecemos há quase 20 anos, sempre corremos um contra o outro. Nos conhecemos no kart, depois nossos caminhos se tornaram diferentes, mas nos cruzamos na F1. Sempre falamos a mesma língua, mesmo que sejamos pessoas diferentes, o que é ótimo, pois a gente se completa”, afirmou.


Kubica testou com a Williams em Abu Dhabi (Foto: Williams/Twitter)

Kubica e Rosberg entraram na F1 no mesmo ano, em 2006 – Kubica pela Sauber, Rosberg pela Williams.Ambos correram juntos também no kart e em categorias menores do automobilismo.

“Eu fiquei muito feliz quando ele ganhou o título temporada passada. Agora, me dá ótimas dicas, então é muito bom (tê-lo na equipe pessoal)”, completou o polonês.

Kubica testou com a Williams em Abu Dhabi na última semana e teve a participação aprovada pela Williams. Segundo o piloto, 90% de sua capacidade de pilotar segue intacta, pelo que sentiu nos testes.

FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO


Fonte Oficial: Grande Prêmio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do KartSP.

Comentários

Posts Relacionados